dezembro 30, 2009

Feliz Ano Novo


dezembro 22, 2009

Brincando na neve ...

Detesto a chuva e o frio de Inverno, porque me condiciona em vários aspectos, detesto os dias pequenos e cinzentos porque me me atrofia a inspiração e me limita  o gosto por diabruras, detesto as correrias às lojas,  os atropelos nas ruas, as cotoveladas nos transportes públicos e a aparente e temporária felicidade que observamos na época do Natal ...

Mas S.Pedro é meu amigo e prometeu que este ano mandaria uns flocos de neve e a seguir daria instruções ao sol para que nos aquecesse com os seus raios.

Vou-me entreter a brincar com estas bolinhas e passar uns dias estupendos, sem me afastar muito da lareira e mantendo os sonhos e as filhós da avó debaixo de olho eheheh




dezembro 10, 2009

Desilusão de Natal

A Lenita das "beijocas gordas" da Aldeia da minha vida pediu, com muito jeitinho, um texto sobre "O Natal da minha terra". Lamento que em vez de falar do Natal em geral, o texto constitua um desabafo, mas a culpa é da falta de criatividade dos adultos que tão cedo mataram a ilusão duma pobre criança eheheh

A Cusca e seus irmãos foram educados no seio de uma família católica e o Natal assumia nas suas vidas um extrema importância. Sempre muito atenta ao que a rodeava, não era fácil fazerem-lhe "o ninho atrás da orelha" eheheh

Desde muito pequena começou a questionar os mais velhos sobre o que não entendia, e a existência do Pai Natal e o mistério que envolvia a sua descida pela chaminé na noite de consoada era coisa mal explicada e que não lhe entrava muito bem na "caixa da dos pirolitos" eheheh

Fizera recentemente 6 anos e só ela sabia o esforço que tinha feito para cumprir a promessa que fizera ao avô de se tornar numa menina bem-comportada, trocando as diabruras por orações ao anjo da guarda e até se lembrara de agradecer, antecipadamente, o presente que acreditava iria receber no sapatinho ... uma caixa de coloridos lápis de côr, igual ao da sua colega Ana Maria, filha do senhor doutor Augusto!



No ano anterior tivera de se contentar com um cachecol que quase jurava ter visto, meio tricotado no saco de tricot da mãe. Agora contava os dias, ansiosa e, na sua imaginação, já rabiscara uma sequência de desenhos que apenas faltava colorir.

Foi a primeira a acordar e, sem esperar pelos irmãos, correu à cozinha. No interior de cada sapato, espreitava um "chupa-chupa" e algumas moedas de 50 centavos.

Desiludida e zangada gritou para os irmãos:

- Não quero chupa-chupas da taberna do senhor João ... o Pai Natal é forreta, ou nem existe!!!

novembro 27, 2009

Pensamento do dia




O Amor é como a relva. Se o plantares e
 regares todos os dias, ele cresce.
Se aparece uma vaca, acaba com tudo!


novembro 10, 2009

Magusto à bêbado

Respondendo ao pedido das meninas da Aldeia mais popular da Blogosfera,  partilho com todos  um magusto que recordo.

A Cusca Endiabrada cresceu no seio de uma família rural, retendo hoje apenas vagas lembranças dos rituais inerentes a cada época do ano, como a apanha da castanha, o magusto ao ar livre com a obrigatória prova do vinho novo no dia de S. Martinho que o Senhor José Gago, seu avô materno, se orgulhava de produzir e nesse dia servia aos vizinhos com tanta generosidade quanto o empenho com que restringia a bebida ao genro, mantendo uma cuidadosa vigilância ao tonel, devido à evidente incompatibilidade entre este e o precioso néctar.


A mãe lamentava-se que o pai nem o vinho devia cheirar, levando-a a supor  que sofria de alergia ao natural corante tinto, só depois se apercebendo que a cor era irrelevante e que o branco exercia nele o mesmo efeito, mas o pai teimava em afirmar que o vinho lhe conferia inteligência, o que parecia ser verdade, dado que mal empinava um copito logo surgiam sinais  de genialidade e começava o espectáculo que variava em número e duração conforme a dose ingerida, começando por ser ocasionais e por fim a ter lugar "dia sim, dia sim".

Num dia de S. Martinho, cujo ano já não recordo,  o pai chegou a casa animado, prometendo aos filhos um fantástico Magusto! A mãe  murmurava baixinho que ele já vinha com a "cadela" levando-os a olhar na sua direcção na esperança de verem surgir um “cachorro”.

Acende-se a fogueira, castanhas no alguidar, as crianças ansiosas vêem o pai fazer malabarismos à volta do lume ensaiando um novo número que diz ser infalível que faz questão de exibir ainda antes de assar as castanhas! A mãe prevendo que dali nada de bom resultará, tenta distraí-lo, demove-lo da ideia, ralha, chora e lastima a sua vida, mas em vão. Do bolso do pai sai um maço de notas que enfia no borralho cobrindo-o com cinza, enquanto afirma:

-  Não arde! Querem uma aposta como não arde? Garanto-vos que não arde! E a seguir assamos as castanhas e vão ver como hoje ficam mais gostosas que nunca!

Não que não ardeu! À excepção de 2 notas de 20$ chamuscadas que a mãe conseguiu salvar, o fruto de uma semana de trabalho ficou reduzido a cinzas.

E foi assim, especial e inesquecível, o Magusto desse ano. Em vez de castanhas e água-pé, engoliram-se lágrimas e  a família foi dormir sem ceia, dando graças a Deus por nessa noite o espectáculo não ter incluído umas “cinturadas”.




outubro 30, 2009

"Carinho de mãe"

Um homem ainda jovem fazia compras no supermercado quando notou que uma velhinha o seguia por todo os lado. Se ele parava, ela também parava e ficava olhando para ele. Já perto da caixa ela disse-lhe:

-- Espero não o ter incomodado, mas é que você se parece muito com meu filho que faleceu...
O jovem sentiu um nó na garganta e disse que não havia problema.  Então a velhinha disse:


-- Quero pedir-lhe algo pouco comum. O jovem perguntou:

-- Diga, em que posso ajudá-la?

-- Queria pedir-lhe que me dissesse 'Adeus, Mãe', quando eu me for embora do supermercado, isso encher-me-á de felicidade. O jovem, comovido, sabendo que o gesto sossegaria o coração da velhinha, aceitou.


  A velhinha passou pela caixa, registou um montão de compras e aí se voltou sorrindo e acenando com a a mão trémula, disse:


-- 'Adeus, filho!' Ele, cheio de ternura, respondeu-lhe efusivamente:

-- 'Adeus, Mãe!'

Ela foi-se e o homem ficou claramente satisfeito pois
havia proporcionado um pouco de alegria à angustiada velhinha. Então passou suas compras.

-- 'São 450,00 €', disse a rapariga do caixa.

-- '450,00 € ??? Porquê tanto se só levo estes cinco produtos?' E a rapariga respondeu:

  
-- "Sim, mas sua mãe disse que você pagaria as compras dela também"

Moral das história: "Até os sacanas envelhecem"! 


 


A "velha safada" foi vista mais tarde, fumando charuto pago com a generosidade do "filho"  eheheheh


(recebida por e-mail)

outubro 16, 2009

kit (alentejano) de emergência

uando a Susana da Aldeia da minha vida propôs o tema "na minha terra come-se bem" para a "Blogagem colectiva de Outubro" a minha primeira ideia foi elaborar uma lista de receitas afrodisíacas, descrevendo as sensações que cada pitéu me desperta, mas aí não só concluí que 25 linhas seriam insuficientes, como receei ser mal interpretada. É que talvez não pareça mas sou uma diabinha tímida e inibida eheheh

Embora não sendo alentejana de gema, foi com os alentejanos que aprendi a ser prevenida e ter sempre à mão alguns utensílios indispensáveis, como este "kit de emergência" que partilho com os meus AMIGOS.



outubro 10, 2009

Blogagem Colectiva "Na minha Terra Come-se Bem"

"Mexilhões Machos"
 
Ao contrário do que se pensa, ainda há jovens que não trocam uma boa feijoada, ou um arroz de grelos malandrinho a fugir prá fonte, acompanhado de "jakinzinhos" fritos, por "pizza" ou  outra "comida plástica", o que não significa que conheçam os ingredientes duma vulgar receita. Isso é tarefa de mães, avós, tias e irmãs mais velhas eheheh


Espevitada e abelhuda, algumas vezes caí nas "armadilhas" que o padrinho, um homem com sentido de humor e divertido de idade avançada mas sempre criança, estava sempre a engendrar.

Estávamos de férias em Sesimbra e fui incumbida de ir ao mercado comprar mexilhões, petisco que ele próprio fazia questão de preparar e com o qual eu me deliciava lambendo até os dedos. Ao sair, o maroto fez-me  a recomendação que era hábito fazer em relação aos "crustáceos:

- Ó garota, lembra-te do que te ensinei. olha que os "machos" têm mais que comer e são mais gostosos!

Obediente, a Cusca Endiabrada que na altura não passava de uma menina ingénua e bem intencionada (para anjinha só lhe faltavam as asas eheheh), correu a praça de um lado ao outro, à procura de mexilhões machos, olhando disfarçadamente em todas as bancas, mas estranhamente os moluscos pareciam todos iguais e quanto mais observava mais convencida ficava de que naquele dia, no mercado, só havia "mexilhões fêmeas"!!!

Sem se dar por vencida, nem querer passar por ignorante, apontou para aquilo que em termos anatómicos lhe pareceu ter forma masculina, pediu ao peixeiro 1 kg bem aviado e senhora de si chegou a casa com 1 saco de "canivetes" ahahah

Quando abriu o saco, ouviu-se uma sonora gargalhada, mas o padrinho não se atrapalhou, enfiou-se na cozinha e posso garantir que os "mexilhões machos" são de comer e chorar mais.

Confesso que continua a intrigar-me o facto dos moluscos serem todos fêmeas. Já repararam bem? eheheh




outubro 05, 2009

Sorriso sintético

Geralmente a tristeza não quer nada comigo, mas desta vez a "mafarrica" parecia decidida a criar raízes. Mas claro que tenho sempre uma solução na manga e recorri ao frasco da alegria.

O efeito é rápido e infalível. Começamos por esboçar um sorriso amarelo e logo, logo temos dificuldade em controlar a gargalhada ahahah ahahah



setembro 27, 2009

Tou triste ...


setembro 15, 2009

Estou morrendo de saudade ...



setembro 13, 2009

Efeitos da Gripe Suína

Um grande AMIGO meu acaba de me alertar para as sequelas que a gripe suína deixa na mulher, pelo que me apressei a partilhar a informação com todas as minhas amigas que me visitam.

Creio não haver ainda estudos sobre o efeito no homem, mas constou-me que já há voluntários dispostos a contrair a maleita na esperança de virem a desenvolver certas "glândulas"  eheheh  

Muito sinceramente acho que me sentiria desconfortável assim, pelo que terei e aconselho a todas o máximo cuidado.



(recebi via e-mail)

setembro 10, 2009

Bebida indigesta


Não haverá certamente ninguém que pelo menos uma vez não tenha participado ou assistido à azáfama das vindimas. Nos meses de Setembro e Outubro, as vinhas enchem-se de gente e em grande animação, as uvas são colhidas e transportadas para os lagares, onde são esmagadas e após fermentação, é recolhido aquele precioso líquido, tão apreciado pelos portugueses e não só.
Sempre estranhei tanta alegria no trabalho, e como cusca que sou, já em criança questionava os mais velhos sobre o assunto. Teriam as uvas um poder mágico que o simples exalar do seu odor nos deixava estonteados duma felicidade contagiante? Ou seria necessário mastigar primeiro alguns bagos? - Não, diziam-me. É uma espécie de gozo por antecipação ... o melhor vem depois de beber o seu suco!

Lembro-me de assistir impaciente às vindimas, tendo inclusive tentado dar uma ajuda e de, movida pela impaciência própria duma gaiata que segundo o meu avô nascera com o diabo no corpo, ter confundido o meu dedo mindinho com o pé dum cacho, valendo-me ser excluída da Festa. Dias depois, eu e a Luisa, minha companheira de brincadeiras, observamos grande azáfama no pátio. O meu avô e os nossos pais, carregavam um enorme pote dourado a que ouvi chamar alambique e percebemos que algo de muito extraordinário se iria passar nessa noite.


Aquilo era fantástico! Escondidas no escuro, víamos os homens em grande algazarra, colocar um copo sob um tubo de onde lentamente escorria um "fio prateado" e um após outro bebiam e riam, riam, riam. Sem hesitar, decidimos provar o milagroso suco!
Esperámos que os homens dormissem e pé ante pé avançámos e, de um só trago, bebemos um copo cheio cada uma. As minhas lembranças do alambique e do tão almejado "líquido prateado" terminam aqui.
Só me lembro de acordar com uma forte dor de cabeça, numa cama empestada de vomitado e outros fluídos desagradáveis, com a Luísa ao lado gemendo, em idêntico estado deplorável eheheheh

agosto 22, 2009

O Milagre da Vida

Não sei se por influência das notícias associadas às tragédias que todos os anos ocorrem no mês de Agosto, se devido à "moínha" que me atormenta desde ontem anunciando a chegada do meu primeiro dente do siso, a verdade é que me sinto mais sensível e menos dada a traquinices.

Hoje sou uma nina bem comportadinha ... observando este vídeo e a lembrar que pelo menos uma vez na vida já fui um "campeão" !!!

julho 13, 2009

Apelo a Santo António

(Para bom efeito surtir, façamos este apelo sem rir)

Ó meu rico Santo António

meu santinho milagreiro

Vê se levas o Zé Sócrates

P'ra junto do Sá Carneiro

Se puderes faz um esforço

Porque o caminho é penoso

Aproveita a viagem

E leva o Durão Barroso

Para que tudo corra bem

E porque a viagem entristece

Faz uma limpeza geral

E leva também o PS

Para que não fiquem a rir-se

Os senhores do PSD

Mete-os no mesmo carro

Juntamente com os do PCP

Porque a viagem é cara

E é preciso cultivar as hortas

Para rentabilizar o percurso

Não deixes cá o Paulo Portas

Para ficar tudo limpo

E purificar bem a cousa

Arranja um cantinho

E leva o Jerónimo de Sousa

Como estamos em democracia

Embora não pareça às vezes

Aproveita o transporte

E leva também o Menezes

Se puderes faz esse jeito

Em Maio, mês da maçã

A temperatura está a preceito

Não te esqueças do Louçã

Todos eles são matreiros

E vivem à base de golpes

Faz lá mais um favorzinho

E leva o Santana Lopes

Isto chegou a tal ponto

E vão as coisas tão mal

Que só varrendo esta gente

Se salvará Portugal

junho 15, 2009

Olhem que dois

Não tenho a certeza se foi sonho ou se uma das minhas fontes me segredou ao ouvido que uma certa dupla fará por estes dias a 1ª página do "Jornal da Madeira" É que não é todos os dias que o Alberto João tem a honra de receber turistas tão simpáticos como a Pascoalita e o seu Hortelão eheheh Também me constou que terão à disposição a suite presidencial, para que possam desfrutar em pleno da tão almejada "Lua de Mel" eheheh Só estranho que ao fim de tantos meses de blá blá blá sobre regime alimentar saudável, a nossa amiga mantenha estas formas arredondadas. E o pior é que parece que contagia quem se aproxima dela eheheh

maio 29, 2009

Good morning

maio 20, 2009

Quem me dá uma ajudinha?

Eu sei que ainda sou muito nova para lapsos de memória, mas que querem? Cada vez exigem mais dos jovens e os nossos cérebros, embora sendo os computadores mais perfeitos do mundo, ainda não dispõem de memória ilimitada, né? Vem isto a propósito da insólita visão que tive esta manhã, quando me dirigia à faculdade e que me manteve toda a manhã desatenta nas aulas, tendo inclusive merecido um reparo do meu Professor.

Ao passar junto ao pequeno muro que separa o jardim da faculdade, pareceu-me reconhecer nesta estranha dupla, um rosto familiar. Mas por mais que me esforce, não consigo lembrar-me quem poderá ser. Quem me ajuda?

maio 12, 2009

Bonecos das Caldas

Já que a Pascoalita falou em artesanato, e até exibiu o "Zé Povinho" do Zé do Canito, não quero que pensem que lá porque sou endiabrada, não tenho sensibilidade para apreciar a verdadeira e genuína arte portuguesa. Pois para que conste, também sou fã dos famosos bonecos das Caldas!!! E a prova disso são estes 2 exemplares bem característicos, que partilho convosco e que me chegaram directamente do produtor ao consumidor, no Verão de 2006.

1 - "Dupla" numa boa 2 - O Pasteleiro "Bolinhas"

maio 07, 2009

Palhaço triste

Alegre por natureza ... endiabrada por devoção ... e imprudente por distracção ... ao pequeno descuido, facilito a entrada da marota tristeza :((

abril 17, 2009

Já é um bom começo ...

Finalmente o "Zé" começa a reagir !!! Acredito que esta canção de intervenção ainda vai dar muito que falar ...

abril 16, 2009

Beijo à punk

Estes 2 pombinhos devem ter-se distraído e deixaram passar a data ... trocam agora um arrebatador "beijo punk, porventura menos susceptível de escandalizar a minha madrinha Laurinha que tem uma mente super moderna. Já agora, e para que conste, só ainda não me dispus a praticar este, porque assumo que sou um bocadinho comodista e não tenho o menor jeito nem pachorra para fazer uma "crista" à altura eheheh

abril 13, 2009

Sabem que hoje é "dia do beijo" ???

Também só soube há instantes. E como fui apanhada desprevenida, na falta de melhor boca por perto, acabei beijando a minha prima Eugénia eheheh Até veio mesmo a calhar porque duma enorme lista de "tipos de beijos" só me faltava experimentar este.

abril 12, 2009

Mensagem de AMOR ...

abril 10, 2009

Coelhinhos da Páscoa

abril 07, 2009

Beijo cega?

(Clicar na imagem para ler o significado)

abril 03, 2009

Desenho fantástico

Para quem pensa que a cusca não passa duma endiabrada incorrigível, sem o menor jeito para trabalhos manuais, fiquem a saber que desde muito pequena manifestei uma extraordinária aptidão para o "desenho artístico" do tipo que o Mestre apresenta neste vídeo.

video

Se necessário, baixa o som, usando o botão

Bem, só espero que o meu avô João não veja nisto um pretexto para mais um "puxão de orelhas" ... é que de tanto me chamar à atenção a tentar corrigir-me, já começo a sentir complexos :o(

abril 01, 2009

As aparências iludem!!!

Como hoje é o dia das mentiras. mas eu, cusca endiabrada, prometi portar-me bem e não devo pregar partidas aos amigos.

Assim, deixo-vos este "cartoon" que tem tudo a ver com o dia ...

março 30, 2009

A minha primeira vez ...

O céu estava claro,  
A lua quase dourada,
Ali no campo eu e ela,
E não se via mais nada  
A pele suave  
As ancas expostas  
E eu tocando de leve  
O macio de suas costas  
Não sabendo começar  
Olhei o corpo esguio.  
Decidi pôr as mãos  
Sobre seu peito macio.  
Eu sentia medo  
Meu coração forte batia  
Enquanto ela bem lentamente  
As firmes pernas abria Vitória! 
Eu consegui!  
Tudo então melhorou.  
Pelo menos desta vez  
O liquido branco jorrou.  
Finalmente tudo acabou,  
Mas quase que eu saio de maca  
Foi assim a primeira vez  
Que eu tirei leite de uma vaca


 

março 26, 2009

10 Conselhos práticos ...

1) Nas próximas eleições, votem nas "p****" está visto que nos filhos não deu certo !!! 2) Nunca desistam de um sonho, se não encontrarem numa pastelaria, tentem noutra... 3) Não cobicem a mulher/homem do próximo, pelo menos quando o próximo estiver próximo... 4) Por maior que seja o buraco em que se encontrem, pensem que por enquanto, ainda não há terra em cima... 5) Quando sentirem um vazio dentro de vós... comam, provavelmente será fome...

6) Se não puderem ajudar, atrapalhem. O importante é participar.

7) Nas horas difíceis, levantem a cabeça, encham o peito e digam à boca cheia: F***-se!!!

8) Se se sentirem sós, abandonados, a pensar que ninguém vos liga, atrasem os pagamentos.

9) Se não encontrarem a "metade da laranja", optem pela metade do limão, adicionem açucar, gelo, cachaça e sejam felizes!!! E por último, mas não menos importante:

10) Lembrem-se que a vida é como o amor, um dia estamos por baixo, outro ficamos por cima, mas não deixamos de sentir prazer.

No final tudo é passageiro, menos o "pica" e o "motorista"

(recebi por e-mail)

março 25, 2009

Eu conto ...

Bem ... já que o meu "estado de graça" despertou curiosidade e perguntam a que se deve tal felicidade, eu explico: Não sei se repararam (eu como cusca que sou, reparo em tudo, né?) o nino Zé do Canito há dias deixou escapar que gostaria de ter no seu quintal uma árvore "pastelnateira", lembram-se? Pois eu como gosto de ser prestável, pensei logo fazer-lhe uma surpresa ... corri à floresta à procura da tão almejada árvore. Afinal o nino Zezito merecia o esforço e aqui para nós, contava com um choruda recompensa traduzida em resmas e resmas de "biquinhos" ihihihihih E não é que por momentos acreditei que a tinha encontrado? E a minha alegria foi tal que não contive um dos meus gritos diabólicos, daqueles que acordam até os répteis hibernados! Porém, depressa me apercebi que em vez de "pasteis de nata" os pequenos frutos na copa da árvore, eram "ovinhos estrelados" ... por momentos senti-me vencida, desfalecida e outras coisas acabadas em "ada" mas não era minha intenção desistir. Uma endiabrada não desiste nunca! Só que aquele meu grito tinha-me atraiçoado, entendem? Despertara o apetite dum certo personagem subeijamente conhecido de todos vós ... e ali estava, ao vivo e a cores, o malvado "lobo mau", que de bocarra aberta, se preparava para me devorar. Ah! Mas eu, Cusca Endiabrada não me atrapalhei ... ora reparem bem como resolvi a situação. E o que não conseguirem ver, tentem imaginar e talvez concluam o porquê de estar assim, FELIZ eheheheh

março 23, 2009

Continuo Feliz !!!

Pois é ... o Fim de Semana já era! Já eu continuo alegre, contente e a mesma endiabrada de sempre eheheheh
Façam como eu e tenham uma excelente semana

março 20, 2009

Bom Fim de Semana

Queridos Amiguinhos Desejo-vos um excelente Fim de Semana Como podem ver, o meu será passado em família

março 15, 2009

Mon coeur

Para quem não sabe ou não acredita que a Cusca endiabrada também tem coração ...
e hoje está sentindo um vazio ...

março 11, 2009

A Curva do Sucesso

Como endiabrada que sou, em vez de curva exijo uma recta em que todos estes itens estejam sempre presentes ... e não me contento com menos eheheheh

março 06, 2009

Para quem ainda duvida ....

Bem, confesso que além de "cusca" também sou um pouco como São Tomé ... ver para crer ... mas se bem se lembram não fui a única a duvidar que o Zé do Canito tivesse mesmo um rafeiro! Assim, quando há dias almoçámos juntos, aproveitei a oportunidade para lhe perguntar: Zezito, conta lá à cusca ... afinal tens mesmo um canito ou não? E para meu espanto, o Zezito interrompe o almoço, enfia a mão no bolso das calças (juro que cheguei a recear que dali saltasse um carapau eheheh) e exibe-me esta bonita foto eheheh Fiquei tão encantada com estes os 2 amorosos lulus (gémeos, suponho) que nem me lembrei de lhe perguntar os respectivos nomes eheheh

março 05, 2009

Riqueza dos maiores de 50

Nunca se pensou que a partir dos 50 se pudesse ter uma riqueza tão grande!!! prata nos cabelos, ouro nos dentes, pedras nos rins, açúcar no sangue, chumbo nos pés, ferro nas articulações e uma fonte inesgotável de gás natural... Oh! O senão é que eu, Cusca Endiabrada, ainda vou ter de esperar muito para ficar rica :(

março 04, 2009

Onde está o bichinho?

A madry laurinha disse: "ah, vocês nem se deixem enganar, a parigaça quando menos esperarmos, bota tudo às urtigas e posta cá um disparate daqueles de fazer corar a madrinha dela...e ja é entradota..." Oh madrinha, Tu não me faças mais endiabrada do que sou, canudo! Assim que irão os amigos pensar de mim? Logo agora que ando tão sossegadita, empenhada na procura de um "bichinho" que me garantiram que existe. E sabes que mais? Se fosses mesmo boa amiga, ajudavas a tua afilhada a procurar ...

março 01, 2009

Liberdade!!!

Liberdade Ai que prazer Não cumprir um dever, Ter um livro para ler E não o fazer! Ler é maçada, Estudar é nada. O sol doira Sem literatura. O rio corre, bem ou mal, Sem edição original. E a brisa, essa, De tão naturalmente matinal, Como tem tempo não tem pressa... Livros são papéis pintados com tinta. Estudar é uma coisa em que está indistinta A distinção entre nada e coisa nenhuma. Quanto é melhor, quando há bruma, Esperar por D. Sebastião, Quer venha ou não! Grande é a poesia, a bondade e as danças... Mas o melhor do mundo são as crianças, Flores, música, o luar, e o sol, que peca Só quando, em vez de criar, seca. O mais do que isto É Jesus Cristo, Que não sabia nada de finanças Nem consta que tivesse biblioteca. (Fernando Pessoa)

fevereiro 23, 2009

Previsão de férias 2009

Devido à famosa crise que todos dizem que se aproxima a grande velocidade e depois do que vi esbanjar nos últimos dias em trajes, festejos e "cachês" pagos a pseudo celebridades nos desfiles carnavalescos, consta que esta será a opção de férias que resta à maioria dos portugas ihihihih E digam lá se não é um solário confortável e económico? eheheheh

fevereiro 20, 2009

Mascarada de Anja

Nunca como este ano me foi tão difícil escolher a máscara adequada às tradicionais folias carnavalescas, mas tendo em conta o que agora está em jogo (já que não há cupido, tenciono aproveitar o disfarce para procurar o noivo que há tanto procuro), houve que me esmerar e pensar cuidadosamente em todos os detalhes. Depois de analisar várias opções, decidi-me pela máscara de "anjinha", dado que noto os moçoilos bastante tímidos e certamente fugiriam a sete pés duma "endiabrada" tal como qualquer diabo foge da cruz eheheh A ideia é pôr em prática uma estratégia que aprendi com o meu antepassado, o avô diabrete ... selecciona-se a "vítima", de preferência um moço bem janota e aperaltado, lentamente vamos caindo nas suas graças e na hora "H" partimos para o ataque ... convém começar com umas dentadinhas suaves no pescoço e quando sentirmos que já está no papo, pregamos-lhe o "beijo do diabo" ... é infalível ahahah Hoje dei início aos preparativos ... e já tenho 2 janotas bem catitas debaixo de olho.

Amanhã concluirei a tarefa. É Carnaval ... não pode correr mal eheheheh

fevereiro 14, 2009

Feliz dia dos namorados

fevereiro 01, 2009

Ser amigo é ...

janeiro 27, 2009

Alegria na EDP

Na EDP festeja-se assim o aumento dos preços (+ 4,7%) eheheheh

janeiro 15, 2009

Sofá ideal para a sogra

janeiro 11, 2009

Casar ... Eu?

Já vi alguns exemplares destes! Também tenho ouvido relatos de maus casamentos e as referências ao comportamento da maioria dos maridos são tão pouco abonatórias, que cada vez me sinto menos encorajada a procurar esposo.

Acho que não me caso nunca!!! Ainda me saía na rifa um esposo assim. Liiiivraaaaaa!!!

janeiro 04, 2009

Camões

"Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer" Análise do poema, feita por uma aluna de 16 anos (quase tão endiabrada como eu): Ah! Camões, Se vivesses hoje em dia Tomavas uns anti-piréticos Uns quantos analgésicos E Xanax ou Prozac para a depressão Compravas um computador Consultavas a internet E descobririas Que essas dores que sentias Esses calores que te abrasavam Essas mudanças de humor repentinas Esses desatinos sem nexo Não eram feridas de amor Mas somente falta de sexo. (desconheço o autor)

janeiro 02, 2009

A primeira banhoca do Novo Ano